OUTEIRO DA GLÓRIA | ZONA SUL

No século XVII, um escultor e eremita chamado Antônio Caminha, natural do Aveiro – Portugal, ergueu no morro Uruçumirim, que beirava o mar, uma pequena capela para abrigar a imagem de Nossa Senhora da Glória, por ele esculpida. Antes disso, o local foi palco das lutas entre portugueses e franceses em uma das quais foi mortalmente ferido Estácio de Sá, fundador da cidade. O morro, que atualmente é conhecido como Morro da Glória, fazia parte das terras de Cláudio Gurgel do Amaral, também devoto de Nossa Senhora da Glória, que acabou doando sua propriedade à Irmandade para que fosse edificada uma ermida permanente e digna do culto da virgem. A atual Igreja de Nossa Senhora da Glória do Outeiro foi edificada em princípios do século XVIII e concluída em 1739, segundo projeto atribuído ao tenente-coronel José Cardoso Ramalho. Ela representa, no Brasil, a introdução das plantas poligonais alongadas, de origem barroca.

Endereço: Praça Nossa Sra. da Glória, 26 – Glória

Dicas: Missas Domingos às 9h e 11h da manhã.